Pergunta do internauta:
Minha mulher tem 35 anos, fez ligadura de trompas no primeiro casamento, mas gostaria de ter um filho. Existe alguma técnica para que ela possa engravidar mesmo tendo feito a cirurgia definitiva?

Para a mulher que foi submetida a ligadura (laqueadura) tubária, a microcirurgia para reversão das trompas dará chances maiores que uma tentativa de FIV com ICSI, a depender de sua faixa etária, do local onde a sua tuba foi “laqueada”, do tempo de cirurgia, do comprimento das mesmas.

A chance por ciclo pela técnica de FIV com ICSI é em torno de 30 a 35%, enquanto que,  observando as ressalvas descritas acima, a taxa de sucesso de se ter uma gestação em um ano com a microcirurgia  tubária gira em torno de 75 a 80%.

É evidente que para se ter esta taxa, todos os exames da parte do homem (por ex. espermograma) deverão estar em ordem, assim como toda a parte hormonal da mulher também deverá estar normal. Antes da microcirurgia, deverá ser submetida à vídeolaparoscopia prévia (poderá ser no mesmo ato cirúrgico), para se observar o local da ligadura tubária anterior. Esta microcirurgia poderá ser realizada através da videolaparoscopia ou minilaparotomia, a depender das condições do abdome e das trompas.